Responsabilidade Ambiental: Como empresas reduzem o impacto no planeta?

Saiba quais empresas exercem a responsabilidade ambiental e incentivam as práticas em todo o mundo.

Quando a indústria de bens de consumo utiliza recursos naturais para a produção e não realiza a “devolução” destes recursos para a natureza, o meio ambiente é completamente defasado. Quanto mais se produz sem retornar materiais à natureza, maior é o índice de poluição e desiquilíbrio da fauna e flora em todos os cantos do mundo.

O problema é mundial. De acordo com o EcoDesenvolvimento, de todo o potencial de água que existe no planeta, um quinto (ou seja, 22%) é utilizado apenas pela indústria.

O dado ilustra que, antes mesmo da consciência ambiental ser cobrada de consumidores, deve ser estimulada por empresas de todos os nichos de mercado, pois são as que mais utilizam recursos do planeta.

Nesse artigo, contamos quais empresas realizam esse importante papel de conscientização e quais os métodos utilizados para estimular, também, consumidores da sociedade global.

Google: redução de energia elétrica

O Google é mais do que um mecanismo de busca online. Não apenas o mais famoso buscador, é a inteligência-potência na qual armazenamos nossos dados pessoais e profissionais.

Para armazenar um volume tão grande de dados em todo o mundo, o virtual requer uma estrutura física para comportar tantas informações: um data center, com grandes carregamentos de energia elétrica e hídrica.

Para amenizar os impactos ao meio ambiente, a empresa agora um centro de processamento de dados, onde estão localizados seus servidores, na Finlândia. Por ser um país de clima frio, o data center usa metade da energia, água e outros recursos do que o habitual, pois o resfriamento de computadores e hardwares é feito de forma “natural” e os impactos são muito menores.

Nestlé: produção Net Zero

Com operações industriais em mais de 80 países, a Nestlé conseguiu reduzir o uso de água limpa em seus processos produtivos em até 83% desde 1988. Isso equivale a 25,8 milhões de litros capazes de abastecer uma comunidade de mais de 350 mil habitantes.

As fábricas são autossustentáveis em água e os processos de produção capturam pouca (se não, nenhuma) água nova no meio ambiente. O processo de reutilização aquífera é possível por meio de tecnologias regenerativas.

Segundo empresa, o compromisso global reduz até 35% da água gasta para cada tonelada de produtos produzidos. No Brasil, a Nestlé possui uma unidade Net Zero (ou seja, zero água) em Palmeiras das Missões, no Rio Grande do Sul. Veja todos os detalhes da missão zero água da Nestlé.

Coca-Cola: redução de milhões

Assim como Nestlé, a Coca-cola é uma empresa que estabelece importante responsabilidade ao reduzir e reutilizar água em seus processos produtivos. Como principal recurso natural necessário para a produção de bebidas e alimentos, a multinacional investe continuamente para desenvolver soluções de redução, reutilização e reposição de água.

A Coca-cola alcançou seu menor uso de água em 2013, realizando 100% da reposição do recurso ao devolvê-lo ao meio ambiente. Desde então, para cada litro de bebida produzida é utilizado 1 litro e 400 ml de água. Ao todo, a redução do consumo do recurso natural é expressa em até 9,4 milhões de metros cúbicos (para cada 8,2 milhões de água) desde 2011.

O edifício comercial Eurobusiness

O Eurobusiness é o primeiro empreendimento do Sul do Brasil a obter mais de 80 pontos na certificação LEED. Isso foi possível em decorrência dos sistemas de reutilização de recursos hídricos e elétricos em todo o edifício.

Ao todo, o Eurobusiness utiliza 100% menos água e consome 50% menos energia em comparação com edifícios comerciais comuns, estimulando a responsabilidade ambiental e social de todos os presentes. São mais de 15.000m² de construção autossuficientes em água, o que confere uma estrutura Net Zero Água.

 

Venha conhecer o edifício e veja de perto todos os sistemas de reutilização aplicados às mais avançadas tecnologias!

Agende uma visita com nossos consultores especializados pelo telefone (41) 3373-9541.

Fontes e referências: