Ar condicionado sustentável: como funciona?

Modelo de ar condicionado VRV-IV apresenta sistema de reutilização que reduz a emissão de HCFCs ao meio ambiente.

Tecnologias eficientes, como um aparelho de ar condicionado sustentável, por exemplo, levam esse nome por garantir soluções modernas, inteligentes e que geram menor impacto ao meio ambiente (senão, nenhum) em comparação com versões de equipamentos mais antigos ou considerados “tradicionais”.

Essa é a ideia do modelo de ar condicionado VRV-IV, da DAIKIN, capaz de refrigerar, aquecer ou ventilar ambientes sem desperdicar energia limpa, proporcionando eficiência energética e maior sustentabilidade ao dia-a-dia.

O sistema utiliza a recuperação de calor de forma extremamente eficiente para produzir água quente ou fornecer calor de um ambiente para outro, aumentando sua eficiência e reduzindo emissões de carbono, muito comuns em aparelhos de ar condicionado comuns.

Ar condicionado sustentável: uma alternativa aos “tradicionais”

Aparelhos de ar condicionado tradicionais, ou seja, que não contêm funcionalidades de aproveitamento de energia, fazem parte do grupo responsável por altas incidências de HCFC (hidrofluorcarbonato), lançadas ao meio ambiente.

O que refrigera uma residência é capaz de aquecer o planeta inteiro, potencializando os riscos do efeito estufa e, consequentemente, da destruição da camada de ozônio. Apenas na China, a porcentagem de casas com aparelhos subiu de 1% para 63% entre 1990 e 2003 (imagine como esse dado está agora), enquanto outros países apresentaram um aumento muito semelhante.

Ar condicionado VRV-IV: como funciona

O sistema oferece uma solução integrada na refrigeração, aquecimento, ventilação e fornecimento de água quente por meio da recuperação de calor já presente nos ambientes. O calor residual que se encontra no arrefecimento das salas e ambientes pode ser reutilizado para garantir o calor das outras divisões.

Dessa forma, desperdício desenfreado de energia elétrica, consequente do uso de equipamentos de ar condicionado comuns, é reduzido – bem como as altas emissões de HCFCs no ambiente interno e externo – e a qualidade do ar de todos os presentes nos ambientes é muito maior.

Premissa Eurobusiness

O Condomínio Comercial Eurobusiness, primeiro empreendimento no Sul do país a obter a mais alta qualificação pela LEED, tem a premissa de aliar excelentes tecnologias à consciência ambiental para garantir qualidade de vida às presentes e futuras gerações.

Veja também: Responsabilidade Ambiental: Como empresas reduzem o impacto no planeta?

Venha conhecer o edifício e veja de perto todos os sistemas de reutilização aplicados às mais avançadas tecnologias! Agende uma visita com nossos consultores especializados pelo telefone (41) 3373-9541 ou entre em contato pelo nosso site.

Fontes e referências: